O saldo positivo da gripe

19 ago

Oi people!

porco

Sentada confortavelmente em meu pufus cor-de-rosa estou pensando que afinal, esta gripe trouxe pelo menos uma coisa boa para minha rotina: duas semaninhas a mais de férias, muitíssimo bem-vindas. Quando fiquei sabendo que as aulas iriam ser adiadas não gostei muito da ideia, até porque depois de três anos meio enroscados por conseqüência da última greve nada melhor do que um calendário acadêmico totalmente normal e previsível. Maaas já estou mal acostumada e super curtindo não ter que fazer nada à noite, então foi com um certo pesar que eu recebi a notícia que as classes voltavam semana que vem…ahhhh….agora que estava ficando bom….rsrsrs….você tem que entender que eu sou um ser humano altamente adaptável: na maior parte do ano eu estou correndo com milhões de coisas pra fazer e curtindo a rotina “produtiva”, mas quando eu entro de férias…humm…dá até pra achar que eu nasci para o dolce fare niente. Eu leio, durmo, assisto filmes, séries, toco violão, fuço a geladeira, e nessa toada vou longe.

E claro que essa deve ser uma das pouquíssimas vantagens dessa gripe, além é claro de propiciar (esperançosamente, devo dizer) uma possível melhora nos hábitos de higiene do povo brasileiro que, vamos combinar, nunca foi assim uma Brastemp. De negativo, além do óbvio, temos uma neurose generalizada que se manifesta em diferentes graus de acordo com as predisposições hipocondríacas de cada um. Na verdade, posso dizer que isso está mais para engraçado do que negativo. Logo que a coisa começou a ficar mais preta aqui na minha cidade, com direito a cinema fechado e briga para comprar aqueles adoráveis gelzinhos (ou geizinhos?…whatever), os sintomas comecaram a pulular por todos os cantos. De repente apareceram umas tosses estranhas aqui, uns espirros mais frequentes ali, umas indisposições acolá, até eu que fiquei o inverno inteiro sem gripar tive alguns meios-sintomas (se é que dá para entender o que é isso..rsrs). Com todo o respeito e sinceros desejos de melhoras aos verdadeiros gripados, eu não sei se a gripe suína está com essa bola toda não, mas acho que a psicológica está bombando! hehehe Deve ter muita gente engolindo espirro por aí para não receber olhada torta de quem está por perto.

 esquadrao

Mas vírus à parte, quero deixar algumas recomendações para vocês hoje. A primeira é principalmente para as laidies de plantão. Comecei a seguir o programa da SBT Esquadrão da Moda e estou curtindo muito, eles dão umas dicas de moda bem legais e ainda dá para dar umas boas risadas dos comentários dos apresentadores – especialmente do Arlindo e suas ótimas piadinhas – e do gosto..assim…duvidoso das participantes. As versões inglesa e americana do programa são ótimas, se você tiver acesso ao canal também recomendo.

pipoca_esquerda

Fui afugentada do cinema, então só vi filmes mais antigos, mas vale comentar: Juno – demorei uma vida para assistir mas achei super interessante e divertido; Noites de Tormenta – gosto da atriz (Diane Lane) e mais ainda do Richard Gere, que está um sessentão (é minha gente, acho que estamos ficando velhos mesmos, hein?) charmosérrimo; Trilhos do Destino – para quem gosta de bons dramas; Ela e os Caras – a Amanda Bynes é a mesma em qualquer filme, sempre engraçada e gente boa, e o filme é super a cara dela (até meus amigos-homens gostaram, viu?); Independence Day – diretamente dos anos 90 (e de um horário já nada nobre na TV), é o típico filme americano exageradamente patriótico (como todos os outros 90%), mas que eu não canso de ver.

Ah! Um que eu não recomendo: Caçados. Meeeeu Deeeeus, que filme trash é esse?! ?! Eu bem que tentei ver sábado passado na Globo, mas não desceu. Junta um bando de leões possuídos com um bando de gente burra, e o que vira? Aquilo mesmo que você pensou – vai por mim,  não compensa seu tempo.

 E como esse post já está virando A História Sem Fim, vou ficando por aqui. Para não acabar o post sem música, vou deixar uma sugestão que o meu irmão anda ouvindo demaaais e grudou na minha cabeça que nem chiclete. Você já deve ter ouvido algumas dezenas de vezes por aí, mas música boa merece repeteco.

Into the Night – Santana & Chad Kroeger

Enjoy e até a próxima….:)

Uma resposta to “O saldo positivo da gripe”

  1. Fabim agosto 22, 2009 às 2:45 am #

    Olá Déia…
    é, lendo aki seu post, realmente, 2 semanas a mais, apesar de tediosa alguns dias, deu pra descansar bastaaante. Segunda feira voltamos revigorados.😀
    Falando nessa musica ai do Santana com o Chad, o Dado escuto ela tanto perto de mim que tive que baixar o cd dele, bom demais hehe
    é isso
    bjos e que nossa volta pra UFU seja abençoada
    fique na paz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: