Momento Jack Black

10 out

Oi gente!

É 1h25 da manhã, e eu estou aqui pensando no que eu posso escrever que me ocupe no máximo meia hora (preguiiiçaaa  kkk).

Então eu me lembrei do filme que assisti hoje à tarde, que é tão completamente ridículo, que eu ainda não acredito que já vi pelo menos 3 vezes. Parte da explicação é o ator principal: Jack Black. Eu gosto muito dele. Ele tem um tino pra comédia sem noção que não tá escrito, e todo filme ele tem aquele mesmo “jeito Jack Black” de ser, difícil de explicar, mas muito fácil de identificar.

Meu pretenso fast-post de hoje então vai ser um pequeno tributo ao Jack. Queria escrever um pouquinho da história dele aqui, mas é meio grandinha, então se quiser dê uma checada aqui. Está em inglês, porque no wikipedia brazuca está muito incompleto. Manda um google tradutor aí que fica tudo certo =D Vou me contentar então em colocar alguns filmes dele que eu já assisti. Devo te avisar que alguns deles são 8 ou 80: ou você acha engraçado, ou odeia.

Vamos começar com calma pra não assustar ninguém. Eu a-do-ro esse filme, e não canso de assistir. E choro toda vez, no final! Acho que os personagens, os atores (mistura super inusitada), os lugares, tudo fico muito legal e bem encaixado. Essa é uma versão bem soft do Jack Black. Ele é um compositor super gente boa, e você só percebe o lado nonsense dele em algumas cenas. Mas está lá, believe me.

Ahh…quem não gosta desse filme? A história é muito fofa: uma cara que é hipnotizado e adquire a capacidade de ver a beleza interior das pessoas se refletindo na exterior. Ou seja, gente boa = gente bonita. Não é um tema legal? Adoro a moral da história. E tome nota: aqui o lado nonsense já está bem mais aparente.

Esse eu acho o máximo, e posso ver várias vezes feliz da vida. O Jack Black é a cara e a alma do filme, e você percebe que ele fica super à vontade no papel de um roqueiro chutado da própria banda que resolve dar uma de professor substituto em uma escola super tradicional e revolucionar a mente de seus pequenos alunos. Tem explicação: na vida real, Jack tem sua própria rock comedy band, a Tenacious D., que por sinal é o nome de um dos filmes do próprio. A trilha sonora de Escola do Rock é um capítulo à parte, e a performance do elenco (os atores realmente tocam!) deixa o filme mais legal ainda.

Bom, esse é um daqueles filmes meio “independentes”, sabe? Daqueles que você não acha dando sopa por aí com muita facilidade. Mas é muito, muito bom. A história é totalmente maluca, então dá uma checada nessa sinopse pra entender. Basicamente, ele e um amigo fazem refilmagens mega caseiras de filmes famosos pra salvar uma videolocadora. O resultado é assim…impagável. Compensa demás, nem que seja pra conferir as soluções toscas pra produzir os efeitos especiais da versão suecada de Ghostbusters! #adooro

Esse é o dito cujo que eu vi hoje à tarde. O poster diz tudo: o filme é isso aí, uma coisa ridícula. Ainda me pergunto como é que uma pessoa que gosta de coisas inteligentes, profundas e tocantes, como a história do último post, tem a capacidade de ver um filme desses umas 3 vezes (Froid, me explique). Jack Black é Ignacio, um frade e cozinheiro de um monastério mexicano, que resolve virar um lutador de lucha libre para ajudar as crianças do orfanato do monastério e conquistar a glória. Mais tosco que ele, só o Esqueleto, seu parceiro no ringue. Realmente, me faltam adjetivos. Sugiro a versão em inglês, porque o sotaque dos dois personagens é imperdível! (“I dont believe in God, I believe in science!” kkk)

Vou ficar por aqui, porque já estourei meu limite há tempos. Alguns filmes ficaram de fora como King Kong e Tropic Thunder (um caso à parte, se o Robert Downey Jr ganhar um post, eu comento!), mas deu pra ter uma ideia de quem é nosso homenageado da noite, né? Um ator bem único, pra falar pouco. Uma boa opção pra quem gosta de comédias toscas e romances mais divertidos! #ficadica

Ótimo fds e abração a todos =)

5 Respostas to “Momento Jack Black”

  1. Kennedy Lucas outubro 10, 2010 às 4:03 am #

    Jura que escreveu isso tudo em 30 min? =D

    A escola do rock tem uma das melhores trilhas sonoras ever!

    • blogdadeia outubro 10, 2010 às 12:31 pm #

      Não, eu levei uma hora na verdade!! kkk
      Por isso tive que acrescentar um “pretenso” depois do “fast-post”, no 3° parágrafo! O dia que eu conseguir escrever um post rápido eu vou me dar um presente =D
      Quanto à trilha, sem comentários. #sogood

      Abraço!

  2. Marina de Deus outubro 11, 2010 às 11:29 am #

    Eu também amo The Holiday! Já assisiti vááárias vezes e tb n me canso! Os atores são uma graça, a história ótima e o final feliz… ai, ai, bom demais. Comédia romântica é o que há🙂

  3. Mari novembro 2, 2010 às 7:49 pm #

    passeando por aí, acabei caindo aqui. e essas felizes coincidências sempre alegram o meu dia. o jack black é meu muso. okay, todo mundo ri quando eu falo isso, mas é que ele me conquistou com aquele “jeito jack black”, que você bem sabe como é. desde a primeira vez que o vi, em Alta Fidelidade, meu coração disparou.
    Ele é fantástico, engraçado no tom certo. E eu casaria com ele mil vezes em The Holiday (o amor não tira férias .. é isso?).

    obrigada pelo post, adorei ler sobre o jack!😉

    beijos, mari

    • blogdadeia novembro 3, 2010 às 7:02 am #

      Ah Mari, não tem jeito, todo filme que tem ele fica pelo menos um pouco melhor, né?
      E super concordo com vc, ele em O Amor Não Tira Férias tá incrível. É O cara legal. Juro que dá vontade de dar um abraço!! rsrsrs
      Você tem um blog sobre moda, né? A-do-ro o assunto, vou acompanhar =)

      Bjos e obrigada pela visita! Volte sempre =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: